Contagem de Corpos - Uma investigação sobre o desaparecimento e reaparecimento de Jesus

de Larry Chapman

Auto-profecia

Antes da Sua morte, Jesus disse aos Seus discípulos que seria traído, preso, crucificado e que voltaria à vida, passados três dias. É um plano no mínimo estranho! O que estaria por detrás disto? Jesus não era nenhum artista de variedades tentando entreter quem lhe solicitasse. Em vez disso, Ele prometeu que a Sua morte e ressurreição provariam a todos (se as suas mentes e corações estivessem dispostos a abrir-se) que Ele era realmente o Messias esperado.

O investigador bíblico, Wilbur Smith, comenta sobre Jesus:
“Quando afirmou que Ele próprio se levantaria de entre os mortos, no terceiro dia após a sua crucificação, disse algo que só um louco se atreveria a dizer, se esperava ainda a devoção de algum discípulo – a não ser que estivesse seguro de que iria ressuscitar. Nenhum fundador de nenhuma religião do mundo conhecida pelo Homem se atreveu alguma vez a fazer uma afirmação semelhante.8

Noutros termos, uma vez que Jesus deixou claro aos seus discípulos que voltaria a viver, o descumprimento da Sua promessa iria expô-lo como fraude. Mas estamos a avançar muito depressa. Como morreu Jesus antes de (se aconteceu realmente) ressuscitar?


Leia o próximo capítulo Uma morte horrível e depois...?.
Leia a versão em inglês deste artigo no site da Y-Jesus.


20/04/11