A importância das pregações
de Dennis Downing

Alguns anos atrás apareceu numa revista britânica a seginte carta ao editor.

“Prezados Senhores: Eu notei que os pregadores colocam muita importância nos seus sermões e passam muito tempo preparando-os. Eu frequento os cultos da minha igreja regularmente pelos últimos 30 anos. Durante este tempo, se a minha estimativa é correta, eu já escutei nada menos que 3,000 sermões. Mas, estou preocupado, porque não consigo lembrar nenhum deles. Será que o tempo do pregador não seria melhor empregado fazendo alguma outra coisa?”

Esta carta desencadeou uma avalance de correspondência durante semanas. Sermões foram criticados e defendidos por leigos e pastores. Mas, finalmente, uma carta acabou com o debate:

“Queridos Senhores:
Estou casado há 30 anos. Durante este tempo eu já comi 32,850 refeições, a maioria preparada por minha esposa. De repente, reparei o fato que não consigo lembrar nenhum cardapio de qualquer uma dessas refeições. Porém, eu recebi nutrimento de todos eles. Eu tenho a impressão que, sem eles, eu já teria morrido de fome há muito tempo. Sinceramente...”

Você pode não lembrar da última pregação que ouviu. Você pode não lembrar do versículo que leu hoje de manhã. Você pode não ter condições de dizer o tema das pregações do mês passado na igreja que frequenta.

Isto não significa que a Palavra de Deus foi pregada inútilmente. Pode ter certeza, aquele alimento espiritual está lhe fazendo bem, produziu seu efeito e sem ele você estaria mais fraco na fé e só Deus sabe aonde você estaria hoje sem ter ouvido aquelas mensagens.

Caro leitor, continue lendo e escutando a Palavra de Deus, e pregadores, continuem pregando a Palavra de Deus. A salvação de muitos está em jogo e Satanás não quer nada mais do que nos desanimar ou nos convencer que a Palavra de Deus é inútil. Mas, ela é muito e poderoso para produzir fé, arrependimento, e converter o mundo inteiro para a sua salvação.

Pois, a própria Palavra diz:
Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Como, porém, invocarão aquele em quem não creram?
E como crerão naquele de quem nada ouviram?
E como ouvirão, se não há quem pregue?
E como pregarão, se não forem enviados?
Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam coisas boas!
Mas nem todos obedeceram ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem acreditou na nossa pregação?
E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo.
Romanos 10:13-17

Veja as “Ilustrações sobre a Bíblia”.


  Copyright © 2012 Dennis Downing. Todos os direitos reservados. Reprodução só com permissão por escrito.