Quando você pensava que eu não estava olhando

de Mary Rita Schilke Korzan

Desejamos um Feliz dia das Mães para todas as mães leitoras do www.hermeneutica.com e mandamos dois presentes especiais para vocês: o primeiro sendo esta reflexão, que nos lembra que, enquanto o mundo chama nossa atenção, a atenção das pessoas mais importantes do nosso mundo está sempre voltada para nós, o que fazemos e como agimos, e que a alegria que vem desta atenção sincera não tem medida.

O segundo presente é uma imagem especial, em alta resolução, que esperamos possa agraciar seu computador, outro aparelho ou algum quadro em sua vida para lhe lembrar o quão valioso é seu papel de mãe. Por favor, compartilhe largamente e à vontade! Feliz dia das Mães, do site www.hermeneutica.com para você!

A seguinte meditação foi escrita por Mary Rita Schilke Korzan, e é do livro "Stories For The Heart" (“Contos Para O Coração”):

Quando você pensava que eu não estava olhando, você pendurou meu primeiro desenho na geladeira, e eu quis pintar outro.

Quando você pensava que eu não estava olhando, você deu comida a um gato perdido, e eu pensei que era bom cuidar de animais.

Quando você pensava que eu não estava olhando, você fez um bolo de aniversário só para mim, e eu entendi que coisas pequenas eram especiais.

Quando você pensava que eu não estava olhando, você orou, e eu acreditei que havia um Deus com quem eu sempre podia falar.

Quando você pensava que eu não estava olhando, você me deu um beijo de boa noite, e eu me senti amado.

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi lágrimas descendo dos seus olhos, e eu aprendi que às vezes coisas doem – mas que não faz mal chorar.

Quando você pensava que eu não estava olhando, você sorriu, e me fez querer ficar bonita(o) daquele jeito também.

Quando você pensava que eu não estava olhando, você se importou, e eu quis ser tudo que podia.

Quando você pensava que eu não estava olhando – eu olhava … e queria lhe agradecer por todas aquelas coisas que você fez quando você pensava que eu não estava olhando.

Aqueles de nós que somos pais somos sempre cientes daqueles olhos e ouvidos observando e escutando tudo que fazemos e falamos.

Que Deus possa nos ajudar a viver de tal forma que cheguem mais perto de Deus pelo nosso exemplo, da forma como Jesus nos exortou a viver:

“Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” - Mateus 5:14-16


- Veja também “A Dona de Casa”.


05/05/09