12 Junho    



 

“Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas.”

Mateus 6:14-15

Pensamento: O ponto de Jesus não é de que Deus nos perdoa em troca do nosso perdão a outros. Nosso perdão vem somente pela graça de Deus através do sacrifício de Jesus. Porém, esse perdão traz consequências para nós. Só conseguimos perdoar quando nós nos preocupamos mais com a pessoa do que com aquilo que ela fez. Se Deus levasse em conta a soma de todos os nossos pecados, jamais seríamos perdoados. Se Ele exigisse justiça pelo efeito dos nossos pecados – a morte de seu filho Jesus - todos seriam condenados. O que permite Deus perdoar o culpado de graves pecados, ou salvar um homem nos últimos momentos da sua vida, como o ladrão na cruz, é que ele não exige pagamento, nem impõe castigo pelo que fizemos. Desde que estejamos arrependidos, reconhecendo nosso erro, Deus está pronto para perdoar – de imediato e por completo. Por quê? Porque o sentimento predominante em Deus para conosco é amor (Efe 4:32; Col 3:13). Quando nós conhecemos esse amor e ele começa a crescer em nós, o perdão se torna cada vez mais natural. Perdoar não é fácil. Perdoar dói na medida que fomos injustiçados ou machucados. Perdoar é libertar a pessoa, soltá-la, livrá-la de ter que pagar ou sofrer como nós sofremos. Ainda quando a pessoa reconhece o erro e pede desculpas sinceramente, parece injusto. Mas, alguém disse que quando perdoamos um outro, nós soltamos um prisioneiro e só depois descobrimos que nós é que éramos o prisioneiro. Você está pronto para ficar livre? Solte o outro, e você também estará se libertando.

Oração: Bendito Deus, não mereço tamanho perdão como o Senhor me deu em Cristo Jesus. Mas, quero viver uma vida de gratidão, provando pelo meu perdão aos outros o quanto sou grato ao Senhor. Em nome de Jesus lhe agradeço. Amém. || Veja a imagem: http://www.iluminalma.com/img/il_mateus6_15.html

Dennis Downing é o autor do devocional diário "Jesus disse...",
Copyright © 2006-2008, Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (Nda Sociedade Bíblica Internacional (www.sbibrasil.org.br), salvo indicação em coário.