7 Outubro    



 

Falava ainda Jesus à multidão quando sua mãe e seus irmãos chegaram do lado de fora, querendo falar com ele. Alguém lhe disse: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem falar contigo”. “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?”, perguntou ele. E, estendendo a mão para os discípulos, disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos! Pois quem faz a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

Mateus 12:46-50

Pensamento: Parentesco no Reino dos Céus não depende de descendência humana – é algo feito por Deus. Não é por sangue humano que nascemos para o nosso destino eterno, mas pelo sangue de Jesus. Como João bem nos lembrou, não é por decisão humana que entramos na família de Deus (João 1:13). Todavia, há decisões que cabem a nós. Deus deu a você a escolha final de ser transformado por Jesus num filho de Deus. Escolhemos a vontade de Deus, não só em grandes decisões como a decisão de parar de beber ou se prostituir, na decisão de confessar Jesus como Senhor e ser batizado, mas também nas pequenas decisões, no dia a dia. A decisão de negar um pensamento cobiçoso ou de não desejar a ruína de um inimigo é uma decisão de ser filho de Deus. A decisão de não repassar adiante uma fofoca devastadora, mas, de orar pelo pecador cujo segredo você descobriu é uma decisão para o Reino dos Céus. Por meio de Jesus somos feitos filhos de Deus e irmãos de Jesus. A decisão foi dEle. A nossa herança familiar, porém, é constituída de centenas de milhares de decisões e escolhas que fazemos ao longo de dias e anos de vida. Algumas poucas são decisões de grande porte. A maioria, embora parecem pequenas escolhas, formam em sua soma um legado onde se pode ver correndo o sangue do Cordeiro como se fosse o próprio corpo dele sendo erguido. Hoje mesmo, você enfrentará escolhas e decisões que dirão ao fim do dia se foram dignas de um irmão ou irmã de Jesus. O que será que o registro deste dia dirá das suas decisões? Ele está sendo gravado. Um dia será relembrado. Cabe a você agora decidir o que estará escrito lá.

Oração: Pai nosso, graças lhe damos pela opção que o Senhor nos deu de sermos feitos membros da família de Deus. Dê-nos, Pai, a consciência e o coração para escolhermos o bem a cada momento que passa, em cada oportunidade que temos. Quer seja notado ou não por outros, queremos que nosso Pai possa ver que somos sim da família dEle. Que o Senhor possa ter orgulho de nós hoje. Que nosso grande irmão Jesus possa saber que valeu a pena o preço que ele pagou por nós. Em nome daquele que deu não só seu nome, mas, sua vida por nós, Cristo Jesus, oramos e agradecemos. Amém. || Veja a imagem especial: http://www.iluminalma.com/img/il_mateus12_48-50.html

Dennis Downing é o autor do devocional diário "Jesus disse...",
Copyright © 2006-2008, Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (Nda Sociedade Bíblica Internacional (www.sbibrasil.org.br), salvo indicação em coário.