15 Abril    



 

“Mas de agora em diante o Filho do homem estará assentado à direita do Deus todo-poderoso”.

Lucas 22:69

Pensamento: No Evangelho de Lucas, “O Filho do homem” é uma designação predileta de Jesus para ele mesmo. Ao se referir a si mesmo sentado à direita de Deus, Jesus invoca a imagem de julgamento de Salmo 110:1. Ele que está sendo julgado um dia julgará todos, inclusive esses homens. Embora Jesus se incrimine com esta declaração, ele tem que dizer a verdade. É necessário advertir esses homens da gravidade daquilo que estão fazendo. Ao perguntarem se Jesus estava dizendo que ele era o Filho de Deus (v. 70), esses “sábios” mostraram que entenderam muito bem tudo que Jesus estava dizendo. Nós temos que falar da graça e do perdão de Deus. Mas, temos que também advertir, como Jesus fez aqui, que haverá um julgamento e conseqüências eternas para quem O rejeitar e recusar o perdão que somente ele pode oferecer. Quando você tiver a oportunidade para falar de Jesus não deixe de falar como Jesus falou.

Oração: Santo e Poderoso Deus, o Senhor é digno de todo louvor e obediência. Perdoe-nos pelo tempo que levamos para aceitar Jesus como Senhor das nossas vidas. E tenha misericórdia de tantos outros ao nosso redor que ainda demoram. Que possamos anunciar as Boas Novas a eles enquanto ainda houver tempo. Em nome de Jesus oramos. Amém. || http://www.iluminalma.com/img/il_2pedro3_10-11.html e não perca também "As Sete Palavras de Jesus na Cruz" http://www.hermeneutica.com/mensagens/sete-palavras-na-cruz.html

Dennis Downing é o autor do devocional diário "Jesus disse...",
Copyright © 2006-2009, Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (Nda Sociedade Bíblica Internacional (www.sbibrasil.org.br), salvo indicação em coário.