A Hora da Colheita

de Dennis Downing

Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças. Ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas, como ovelhas sem pastor. Então disse aos seus discípulos: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos.” - Mateus 9:35-37

Sempre é preciso plantar. Nunca podemos deixar de semear o Evangelho nos corações de crianças e descrentes. No entanto, o que Jesus disse aos discípulos foi que está na hora de colher! A safra está madura, a seara está pronta!

Em nações desenvolvidas como o Brasil, os Estados Unidos, Portugal e tantos outros países, há milhões de pessoas que ouviram o Evangelho, sabem quem Jesus é, e só falta um servo do Senhor chegar para chamá-los à decisão! Estima-se que a população do mundo nos dias de Jesus figurava em torno de 200 milhões de pessoas. Isso era a população do mundo inteiro. Hoje, a população de um país como o Brasil chega a esse patamar!

Imaginemos que, quando Jesus disse que a colheita era grande, ele estava se referindo a todas as pessoas perdidas do mundo. O que era grande naqueles dias, hoje descreve praticamente os perdidos de um único país. E se os trabalhadores eram poucos naqueles dias, imagine a carência diante de uma população centenas de vezes maior!

Jesus está dizendo que todo o trabalho de preparar o solo, de plantar, cultivar e aguar já foi feito. Só falta os trabalhadores entrarem na seara e começarem a colher o fruto de almas para eternidade.

Será que não percebemos tudo que Deus já fez? Será que nós estamos vendo o tamanho da seara?

Será que o anseio do Senhor pelos perdidos não arde em nossos corações também? Tem alguém perto de você que só falta você chamar, convidar, ou dar o seu testemunho?

Que Jesus possa abrir os nossos olhos para que possamos enxergar também quão grande a seara já é!

Oremos: Pai, os trabalhadores do Senhor ainda não enxergaram o tamanho da colheita. Como um deles, eu confesso minha falha nessa área. Perdoe-me pela pouca compaixão que tenho tido para com os perdidos. Perdoe-me também porque não reparei o quanto o Senhor já fez e quão grande é a seara. Ajude-me a sentir o que Jesus sente quando ele olha para tantos que faltam tão pouco para serem resgatados. Em nome de Jesus eu suplico. Amém.


Receba uma reflexão como esta diariamente em sua caixa postal, assinando o devocional diário "Jesus disse..." que traz as palavras de Jesus cada dia diretamente para você!



Copyright 2012 Dennis Downing. Todos os direitos reservados.

27/04/2012