As Sete Palavras de Jesus na Cruz
Esboço de uma pregação
de Dennis Downing

1.) Lucas 23:33-34 - A palavra de Perdão

Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, ali o crucificaram, bem como aos malfeitores, um à direita, outro à esquerda. Contudo, Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Então, repartindo as vestes dele, lançaram sortes.

A crucificação de Cristo somente ocorreu por causa do nosso pecado. Se não fosse por nosso pecado, Jesus não teria que morrer na cruz. Ele nos lembra deste propósito, ao perdoar aqueles que o crucificaram. Primeiramente, foram aqueles que cravaram os pregos em seu corpo. Foi também aqueles que o julgaram e condenaram injustamene. Mas, nenhum de nós escapa da responsabilidade que o nosso pecado teve e tem na morte de Jesus. A primeira palavra de Jesus é a palavra de Perdão.

2.) Lucas 23:39-43 - a palavra de Salvação

Um dos malfeitores crucificados blasfemava contra ele, dizendo: Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós também. Respondendo-lhe, porém, o outro, repreendeu-o, dizendo: Nem ao menos temes a Deus, estando sob igual sentença? Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o castigo que os nossos atos merecem; mas este nenhum mal fez. E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.

A segunda palavra de Jesus na cruz é a palavra de salvação. Embor estava agonizando na cruz, e podia deixar de atender a qualquer um, ele se preocupou em assegurar um pecador ao seu lado de que teria sim, salvação para ele devido ao reconhecimento do pecado dele e da sua fé em Jesus. A segunda palavra de Jesus na cruz é a palavra de Salvação

3.) João 19:26-27 - a palavra de Amor

Vendo Jesus sua mãe e junto a ela o discípulo amado, disse: Mulher, eis aí teu filho. Depois, disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. Dessa hora em diante, o discípulo a tomou para casa. Por que Jesus não deixou a sua mãe para os cuidados dos próprios irmãos?
1, Os próprios irmãos e até a mãe não aceitaram a missão dele.
2, Nenhum dos irmãos de Jesus o acompanhou até a cruz.
3, Jesus deixou a mãe dele com o discípulo mais próximo – João.

Jesus valorizava família, mas, a família verdadeira é a de Cristo. A terceira palavra na cruz é a palavra de Amor

4.) Mateus 27:46 - a palavra de angústia emocional

Por volta da hora nona, clamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni? O que quer dizer: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? (Salmo 22)

Jesus, apesar de ser filho de Deus, passou por tudo que um ser humano passa, e do pior, para ser nosso Salvador. Para que não duvidassemos de quanto ele participou, fisicamente, emocionalmente, e de todas as formas em nosso estado físico e mental, temos dele aqui a palavra de angústia emocional.

5.) João 19:28 - palavra de sofrimento físico

Depois, vendo Jesus que tudo já estava consumado, para se cumprir a Escritura, disse: Tenho sede! (Salmo 22)

Uma das maiores heresias de todos os tempos sempre foi a de que Jesus não morreu fisicamente. Existem várias teorias, mas todos dão no mesmo – de que Jesus não sofreu como ser humano na cruz. A quinta palavra de sofrimento físico nos lembra que ele sofreu sim, e sentiu as mesmas carencias físicas que nós sentimos.

6.) João 19:29-30 - a palavra de Vitória

Estava ali um vaso cheio de vinagre. Embeberam de vinagre uma esponja e, fixando-a num caniço de hissopo, lha chegaram à boca. Quando, pois, Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado!...

Embora Jesus agonizou por pelo menos seis horas no processo de tortura chamada de crucificação, ele nunca esqueceu seu propósito. Ele nos lembra com esta palavra vitoriosa, de que a sua missão foi cumprida. Ele agüentou até o fim. Agora temos a palavra de Vitória.

7.) Lucas 23:46 - a palavra de

Então, Jesus clamou em alta voz: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito! E, dito isto, expirou.

A morte física, e o que espera o ser humano do outro lado da morte é uma das dúvidas que mais atormenta a alma do ser humano. Puder enfrentar este momento com paz e convicção é sinal de grande fé. Quantos de nós hoje podemos dizer que estamos prontos a partir? Jesus sinalizou o tamanho da sua confiança no Pai, ao terminar a sua vida aqui com a palavra de Fé.

Que estas palavras de Jesus, e o seu significado eterno estejam sempre lembrados por todos que depositam a sua fé em Jesus, o nosso Senhor e Salvador.

Apesar da nossa angústia emocional ou sofrimento físico, podemos encontrar conforto, esperança, e convicção nas palavras de Jesus de Perdão, Salvação, Amor, Vitória, e Fé. Que até as últimas palavras de Jesus na cruz sejam sempre lemradas e guardas por aqueles que nEle crêem. Como é grande o amor que Jesus tem por nós!

Veja também “"O Controle Remoto e a Cruz"”.


Copyright © 2012 Dennis Downing. Todos os direitos reservados. Reprodução só com permissão por escrito.