Pondo-se a vigiá-lo, eles mandaram espiões que se fingiam justos para apanhar Jesus em alguma coisa que ele dissesse, de forma que o pudessem entregar ao poder e à autoridade do governador. Assim, os espiões lhe perguntaram: “Mestre, sabemos que falas e ensinas o que é correto, e que não mostras parcialidade, mas ensinas o caminho de Deus conforme a verdade. É certo pagar imposto a César ou não?” Ele percebeu a astúcia deles e lhes disse: “Mostrem-me um denário. De quem é a imagem e a inscrição que há nele?” “De César”, responderam eles.Ele lhes disse: “Portanto, dêem a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”. E não conseguiram apanhá-lo em nenhuma palavra diante do povo. Admirados com a sua resposta, ficaram em silêncio. Lucas 20:20-26

Pensamento: Vemos logo a falsidade nas perguntas dos líderes religiosos dos dias de Jesus. Será que vemos com tanta facilidade os motivos misturados nas nossas perguntas? Já perguntou ao Senhor se deve aceitar algum emprego ou namorar alguém? Já pediu a sabedoria do alto para ver se deve comprar algum bem, aguardar um lançamento melhor ou investir o dinheiro? Será que Jesus, se pudéssemos ouvir a sua voz, não faria outras perguntas? Nós não estamos tentando apanhar Jesus em armadilhas. Mas, pode ser que o inimigo já nos apanhou numa cilada. Às vezes há outras opções para nosso tempo, nosso dinheiro e nossas vidas, opções que não enxergamos, ou que convenientemente deixamos de considerar. Peça a Jesus não só as respostas dEle, mas, também as perguntas que ele faria se estivesse em seu lugar. Considerando o preço que ele pagou por nós, o tempo, o dinheiro, e a vida toda não são mais “nossos”, não é? O que será que Jesus faria?

Oração: Majestoso Criador, como é que o Senhor nos permite continuar com tanto controle, tanta liberdade em tudo que é feito com todos esses bens que pertencem ao Senhor? Eu não sou dono nem do meu nariz, mas o Senhor me permite decidir para onde vou e o que fazer ao longo de cada dia por anos e anos de vida. Perdoe-me, Senhor, quando ignoro com tanta facilidade o que é melhor para o Reino e escolho coisas que vão me beneficiar de alguma forma. Ajude-me a ver com os olhos de Jesus. Ajude-me a fazer as perguntas que Jesus faria. Eu sei que o Senhor me dará as respostas. Grato pela paciência do alto eu oro. Amém.

Dennis Downing é o autor do devocional diário “Jesus disse…”,
Copyright © 2006-2009, Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (Nda Sociedade Bíblica Internacional (www.sbibrasil.org.br), salvo indicação em coário.

Assine o Devocional
Jesus Disse

365 dias nas palavras de Jesus.
É gratuito! Insira seu Email aqui:

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Ao clicar em 'Aceitar', você consente com a utilização de cookies.